Estudantes de São João do Arraial conquistam medalhas e menções honrosas na OBMEP 2019

Publicado em 04/12/2019 - 11h08
FRANÇOIR HANRRIR, 13 anos, medalha de bronze, 7º Ano, EM. da Liberdade “Paulo Freire”

O anuncio do resultado da OBMEP (Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas) nos últimos dias, vem revelando uma verdadeira escalada positiva dos índices educacionais do município de São João do Arraial, com a conquista inédita de medalhas e menções honrosas a estudantes das escolas municipais.

APOLLINIS CHRISTI, 13 anos, menção honrosa, 7º Ano, EM. Rosa Barbosa

Além dos resultados conquistados na OBMEP, as equipes da Secretaria Municipal de Educação comemoram também a elevação do município ao primeiro lugar na Região dos Cocais no Ranking do IOEB (Índice de Oportunidades da Educação Básica) que já supera vários municípios de categorias iguais e maiores na região, entre outros.

Entres os alunos, o destaque na OBMEP foi mesmo para o garoto FRANÇOIR HANRIR PONTES GOMES, de 13 anos, estudante do 7º ano da Escola Municipal da Liberdade “Paulo Freire”, que levou bronze na OBMEP. Ele é o primeiro estudante de São João do Arraial a conquistar uma medalha na Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Publica.

LUCIANA SAOUSA, 15 anos, menção horosa, 9º Ano, EM. da Rosa Barbosa

A conquista é inédita entre os estudantes da cidade. O bronze, é a terceira medalha mais disputada da Olimpíada. A princípio, a conquista parece menor, mas na verdade, ela é gigantesca, se comparada ao desafio de uma disputa com mais de 18 milhões de alunos de escolas públicas de todo o país.

Além da medalha, São João do Arraial conquistou ainda, duas menções honrosas, com o estudante APOLLINIS CHRISTI NASCIMENTO LIMA, de 13 anos e LUCIANA DE SOUSA SILVA, de 15 anos, do 7º e 9º anos da Escola Municipal Rosa Barbosa. O município também registra menções honrosas nos anos de 2005, 2006, 2007 e 2016.

“Esperamos que está seja apenas a primeira de várias outras conquistas da nossa educação. Essa medalha, representa para os alunos de São João do Arraial que é possível conseguir medalhas de ouro, prata e bronze na Olimpíada, e que para isso, basta se dedicar e focar nos objetivos”. Comentou a secretária municipal de educação Rosinha Lima.

Em 2019, a maior olimpíada de Matemática do mundo teve 54.831 escolas participantes, localizadas em 99,71% dos municípios brasileiros, superando o número de instituições inscritas no ano anterior 2018 (54.498). A prova da primeira fase foi feita por 18.158.775 de estudantes.