10 / 02 / 2017

A Prefeitura Municipal de São João do Arraial por meio da Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente realizou na manhã da última sexta-feira (03), uma reunião com proprietários rurais, técnicos do EMATER, técnicos do município para prestar esclarecimentos sobre o Cadastro Ambiental Rural (CAR) que será realizado em todas as propriedades rurais do município até o mês de maio 2017.
 
O Cadastro Ambiental Rural (CAR) Consiste no levantamento de informações georreferenciadas do imóvel, com delimitação das Áreas de Proteção Permanente (APP), Reserva Legal (RL), remanescentes de vegetação nativa, área rural consolidada, áreas de interesse social e de utilidade pública, com o objetivo de traçar um mapa digital a partir do qual são calculados os valores das áreas para diagnóstico ambiental.
 
Entre as autoridades presentes destacam-se a prefeita municipal Vilma Lima (PT), o secretário de agricultura e Meio Ambiente, Miguelzinho Rodrigues, o Vereador Erismar Nunes, representando o presidente da câmara municipal, Jurandir Pontes, o vice-presidente de STTR, Ronaldo Araújo, o técnico do EMATER Carlos Magno, o represente da EFA COCAIS, João Silvestre e vários proprietários de imóveis rurais de São João do Arraial.
 
Diante da necessidade eminente do cadastro, a prefeita Vilma Lima deu determinação expressas ao secretário de agricultura Miguelzinho Rodrigues para a contratação e capacitação e três técnicos agrícolas locais para proceder com o cadastro de todos os imóveis rurais do município. Com isso a Prefeitura de São João do Arraial destaca-se entre as demais prefeituras piauienses e torna-se a única a assumir diretamente a missão de fazer o CAR. 
 
O secretário Miguelzinho Rodrigues faz um agradecimento aos proprietários que compareceram ao primeiro chamamento para o cadastramento. Ele destaca a importância do CAR, explicando que tratar-se de um instrumento fundamental para auxiliar no processo de regularização ambiental de propriedades e posses rurais.
 
Correição:
 
Miguelzinho aproveitou a presença da prefeita na reunião e pediu ajuda para retomar os trabalhos de correição na cidade de São João do Arraial. “É bom e bonito ter uma cidade limpa e organizada, sem a presença de animas, mas para isso, precisamos da compreensão e principalmente da ajuda os cidadãos de São João do Arraial”. Finaliza Miguelzinho.
 

10 / 02 / 2017

O secretário de Estado do Desenvolvimento Rural, Francisco Limma, se reuniu, nessa terça-feira (07), com o diretor de Combate à Pobreza Rural da SDR, Francisco Ribeiro; com o coordenador estadual da Juventude, Vicente Gomes; e com o gerente de Políticas para o Meio Rural da Cojuv, Messias Nassau, para firmar parceria entre os dois órgãos estaduais, visando reforçar o trabalho de apoio à juventude rural do Piauí.
 
Uma das bases de incentivo da SDR aos jovens é o projeto Viva o Semiárido, presente nos territórios do Vale do Sambito, Vale do Canindé, Vale do Guaribas, Vale do Itaim e Serra da Capivara. Outra frente será trabalhada por meio do Programa de Geração de Emprego e Renda (Progere), também desenvolvido pela SDR e que está em fase inicial de execução. O Progere vai contemplar trabalhadores rurais do território dos Carnaubais, Entre Rios e Cocais.
 
De acordo com o secretário da SDR, a ideia é que os dois órgãos estaduais tenham ações conjuntas que fortaleçam, sobretudo, a capacidade empreendedora do jovem e a geração de renda. Francisco Limma enfatizou que esses dois programas têm ações gerais, porém com foco nas comunidades quilombolas, jovens e mulheres. “Todas as instituições ou coordenadorias que trabalham com este público recebem o apoio integrado da SDR. A orientação do governador Wellington Dias é de que as instituições públicas unam forças e trabalhem conjuntamente, como estamos fazendo com a Cojuv, buscando potencializar o apoio para que os jovens tenham condições de maior desenvolvimento”, reforçou o gestor.
 
Segundo Vicente Gomes, a pretensão é levar a todos os territórios do Piauí propostas de desenvolvimento para a juventude do campo e apoio às ações já executadas pela SDR voltadas a este público. “Nós já temos algumas ações voltadas para o jovem do campo, mas podemos alavancar este trabalho com o firmamento desta parceria com a SDR. O intuito desta ação é possibilitar que este jovem possa se desenvolver onde mora, por meio da geração de renda para que ele tenha uma vida próspera sem ter necessidade de migrar”, afirmou o coordenador estadual da Cojuv.
 
Durante a reunião, foi criada uma comissão de estudo composta por membros da SDR e Cojuv responsável pela elaboração de um plano de trabalho contendo metas, linhas de ação e previsão de orçamento necessário. O documento deve ser apresentado em uma semana e as atividades têm início previsto para o mês de março deste ano.
 

10 / 02 / 2017

A prefeitura municipal por meio da Secretaria Municipal de Agricultura de São João do Arraial iniciou na manhã da última terça-feira (24) a distribuição de sementes de milho, feijão, palma forrageira e cajú para centenas de pequenos produtores rurais do município para a safra 2017.
 
O Secretário Municipal de Agricultura Miguel Rodrigues ou Miguelzinho, como é mais conhecido, explica que foram distribuídas sementes a todos os produtores que comparecerem à sede da secretaria munidos da DAP (Documento de Aptidão ao PRONAF) e em segundo caso, com o CPF para o preenchimento prévio de um cadastro do produtor rural.
 
Miguelzinho informa que já foram entregues cerca de 271 kits de sementes para os produtores da Zona Rural e 89 da zona urbana somente nesta terça e que a entrega continua nesta quarta-feira (25) preferencialmente para produtores da zona urbana do município.
 
Ao todo a SDR adquiriu 210 toneladas de feijão, 100 toneladas de sementes de milho, 500 mil raquetes de palma forrageira e 1 milhão de mudas de caju. A ação irá beneficiar 45 mil famílias de agricultores familiares, em todos os 224 municípios piauienses. Para tanto, foram investidos R$ 5.549.000 pelo Governo do Estado, através da SDR.