12 / 08 / 2019

A prefeitura Municipal de São João do Arraial por meio da Secretaria Municipal de Educação informou na última sexta (09), que o município superou o teto constitucional de 25% com gastos com educação no ano de 2017.  A informação desmente totalmente nota divulgada por um portal de internet, afirmando o descumprimento do teto, que segundo o qual, o município havia gasto apenas 21%.
 
Dados repassados pela Secretaria Municipal de Educação - SEMEC, demonstram que além dos 21% mencionados na matéria, também foram gastos 297 mil reais, que somados, garantem um teto superior ou constitucional exigido pelo MEC, colocando o município de São João do Arraial entre poucos municípios do Piauí que superam o teto constitucional de gastos com educação.
 
CONFIRA A NOTA TÉCNICA ENVIADO AO TCE.
 
Nota Técnica enviada ao Tribunal de Contas do Estado do Piauí, pelo Município de São João do Arraial, comprova que foram investidos, no ano de 2017, mais que os 25% obrigatórios em lei, já que, além dos repasses do Fundeb, houve também verbas próprias do Fundo de Participação do Município – FPM - usada diretamente em Educação. Ocorre que o TCE não levou em consideração, para o cálculo do índice dos 25% em gastos com Educação, o montante de R$ 297 mil que foram efetiva e comprovadamente gastos da receita própria do município (FPM) em prol da Educação. 
 
Esse valor foi transferido do Fundo de Participação do Município para o pagamento de folha de professores, já que os recursos provenientes do Fundeb não foram suficientes para isso. A defesa do município, com esses esclarecimentos, foi protocolada em junho deste ano, ainda sem manifestação do Tribunal. Contudo, já é praxe no TCE que esse tipo de justificativa seja acatada pelo órgão, já que os recursos do FPM, juntados aos do Fundeb, somam, exatamente, o montante de 26,02% de gastos comprovados na área.
 
 

23 / 07 / 2019

A prefeita Vilma Lima (PT), e o prefeito Dó Bacelar do município de Porto, participando a pouco, de uma reunião no Palácio de Karnak com o Governador Wellington Dias, com a participação de diversos secretários de estado, com o presidente da Câmara de Comércio e Indústria do Mercosul e Américas, o argentino “Miguel Lujan Palleta”.
 
Em pauta a instalação de uma indústria na Região dos Cocais para extração e aproveitamento integral da cera de carnaúba com perspectiva de geração de cerca de 700 empregos diretos. A previsão é que a indústria se instale na região onde há maior incidência de palmeiras de carnaúba, próximo a cidade de Porto.
 
A intermediação com o Mercosul está sendo realizada pelo prefeito de Porto e presidente do CITCOCAIS, Dó Bacelar. Com a instalação de novas empresas na região, estima-se que cerca de 700 empregos diretos sejam criados, estimulando a economia em todo o território. 
 
Nesta segunda, o presidente e a vice-presidente do CITCOCAIS – prefeita Vilma Lima de São João do Arraial – acompanhados do Presidente da Câmara de Comércio do Mercosul, Miguel Paletta, participaram de audiência com o Governador Wellington Dias, a vice-governadora Regina Sousa e secretários estaduais onde debateram as possibilidades de investimentos no Piauí através de uma proposta de cooperação para alavancar o comércio exterior do Piauí, facilitando os processos de importação/exportação e atraindo empresas e indústrias de outros países.
 
Os novos investimentos exigem avanços em serviços específicos como estradas, energia elétrica e telecomunicação (internet). O Governador acionou as respectivas secretarias para a adoção de providências. Dias também ressaltou o potencial que o Piauí possui, tanto a serem explorados nas áreas de produção, comércio e outros serviços, quanto em avanços já realizados em políticas públicas para captação de investimentos como é o caso dos incentivos fiscais e o Piauí Conectado, que possibilita internet de fibra ótica e já alcança 96 municípios.
 
De acordo com Miguel Paletta, após um levantamento feito pela câmara do Mercosul, o Piauí apresenta perspectivas positivas de investimento. “Gostei muito da conversa com o Governador e há de ser um trabalho em conjunto”, disse o presidente após a audiência.
 
“O Citcocais tem contribuído de forma muito consistente na nossa região pois temos como apresentar as potencialidades e as riquezas dos 14 municípios que compõem o consórcio, sendo a colunam mestra na busca dos investimentos para a região”, disse o presidente do consórcio, Dó Bacelar. 
 
Participaram da audiência os secretários de Estado do Planejamento, Antonio Neto; Desenvolvimento Econômico e Tecnológico, Igor Néri; prefeitos de Porto, Dó Bacelar; São João do Piauí, Gil Carlos; São João do Arraial, Vilma Limma; o presidente da Associação Piauiense de Municípios (APPM) e prefeito de Água Branca, Jonas Moura; Neusa Machado, que vai dirigir o comitê do Mercosul no Piauí. 
 
O que é o MERCOSUL
 
Com mais de duas décadas de existência, o Mercado Comum do Sul (MERCOSUL) é a mais abrangente iniciativa de integração regional da América Latina, surgida no contexto da redemocratização e reaproximação dos países da região ao final da década de 80. Os membros fundadores do MERCOSUL são Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai, signatários do Tratado de Assunção de 1991. 
 

03 / 07 / 2019

A poucas horas da chegada do XV Festival Cultural dos Cocais, a organização acelera para acertar os últimos detalhes da maior festa da Região dos Cocais. A expectativa dos organizadores é de receber cerca de 60 mil visitantes nas quatro noites do festival.
 
Logo na chegada os visitantes são recepcionados com uma réplica realística gigante em madeira de um rádio dos anos 80, símbolo e tema do XV Festival Cultural dos Cocais, “Nas Ondas do Rádio: Quem Fez História, Tem Historias pra Contar”. O Tema faz uma homenagem ao rádio enquanto meio de comunicação de massas e seus profissionais, que já trabalharam ou ainda atuam no radiojornalismo, produzindo todo o encanto que a mídia nos proporciona.
 
Ainda, no ambiente do festival, os visitantes poderão conhecer um estúdio de época completo e um “Museu do Rádio”, com dezenas de rádios antigos que estarão sendo expostos aos visitantes que chegam.
 
A programação de shows são um espetáculo à parte.  JM Puxado e Conde do Forró fazem a abertura do festival (04/07), seguidos pelo Pistoleiro do Amor José Orlando, sucesso do rádio na década de 90 e os Sertanejos Waldo e Felipe na segunda noite (05/07). A terceira noite (06/07) tem forró das antigas com Lene Alves e o Sertanejo Universitário de João Veloso. O fechamento do festival (07/07) com chave de ouro fica por conta da icônica Banda Magnificos e a banda Moleke Doido.
 
As boas vindas se completam com uma mega estrutura especialmente para receber os visitantes, com 10 barracas prontas para servir bebidas variadas, comidas típicas para os mais variados paladares e um restaurante com comidas e bebidas variadas para agradar os paladares mais exigentes.